slowdown

 

 

 

A OMS assinala a 4ª Semana Mundial da Segurança Rodoviária, das Nações Unidas, de 8 a 14 de maio de 2017, sob o mote da velocidade.

A velocidade excessiva está entre os principais fatores de risco de mortes e feridos por lesões e traumatismos rodoviários.

Na Região Europeia os acidentes rodoviários são responsáveis ​​por mais de 84.000 mortes prematuras anualmente e são a principal causa de morte nas pessoas com idade entre os 5 e 29 anos.

Trinta por cento (30%) das mortes por acidentes rodoviários são peões e ciclistas, os quais são os utilizadores mais vulneráveis ​​nas estradas.

A velocidade de um veículo automóvel é um fator de risco muito importante enquanto agente causal de acidente mas também da sua gravidade e das suas consequências.

Uma redução média de 5% na velocidade pode reduzir acidentes fatais em 30%. É por isso que os limites de velocidade urbanos devem ser fixados em 50 km /h e reduzidos para 30 km /h ou menos nos locais onde o tráfego motorizado se mistura com peões e ciclistas.

Na Região Europeia apenas 44% dos países dispõem de legislação abrangente sobre limites de velocidade. Esta situação precisa de ser melhorada para tornar as estradas e as cidades mais seguras. É necessário que os países e os municípios implementem  medidas eficazes que assegurem um controlo adequado da velocidade.

A segurança rodoviária é uma prioridade da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

O objetivo global da 4.ª Semana Mundial da Segurança Rodoviária é contribuir para salvar vidas nas estradas contribuindo assim para os objetivos 3.6 e 11.2 da Agenda do Desenvolvimento Sustentável.

Os seus objetivos são:

  1. aumentar a conscientização sobre as terríveis consequências da velocidade e os benefícios da redução da mesma;
  2. promover soluções baseadas na evidências para a gestão da velocidade (Sistema Seguro) para os decisores políticos e outros decisores; e
  3. reunir compromissos ​​políticos dos responsáveis e outros decisores sobre soluções eficazes até ao final da Semana Mundial.

Os Pontos Focais dos Ministérios da Saúde para a prevenção de lesões, as Organizações Não-Governamentais e as Organizações da sociedade civil envolvidas na segurança rodoviária são encorajados a participar em atividades de sensibilização e a registar os seus eventos no website das Nações Unidas: https://www.unroadsafetyweek.org/en/home

As atividades incluem organizar um “Slow Down Day“. Em Portugal a Conferencia Nacional  “#SlowDownDayPT” realiza-se no dia 9 de maio, das 16-19h na Câmara Municipal de Lisboa (Paços do Concelho, na Praça do Município).

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas aqui: https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-conferencia-slowdowndaypt-34316344109